Siga o blog por E-mail

terça-feira, 26 de maio de 2015

Desafio

O desafio do artista é se superar, e aquele que procura superar os outros já se roubou na essência de crescer de dentro pra fora.

O desafio do artista é ter mais pra dar, e como oferecer o que não temos?

O desafio do Cristão é conhecer e PROSSEGUIR em conhecer a Deus, então pra hoje eu só quero superar o quanto tenho dEle em mim!

#BlogRios

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Expectativa de parabéns

Hoje é meu aniversário, 22 anos. Fiz um levantamento do ano, agradeci muito a Deus por detalhes pequenos como o cuidado dEle quando tive paralisia facial, assim como o grande cuidado em me ensinar sobre seu amor, sobre vida ministerial, sobre juventude, sobre coração, sobre reino espiritual, sobre a VIDA! Ele é a vida, Ele ensina sobre si mesmo ministrando sobre nossos pontos de interrogação.
Estou agradecido. Fiz um tempo devocional entre os últimos minutos de ontem e os primeiros de hoje, o foco era pedir algumas coisas, mas quase resumi em somente agradecer.

Nosso coração tem som mesmo em silêncio, o meu grita obrigado no dia de hoje, mas independente do que seja, nosso coração gritará algo como resposta do que sentimos a respeito da vida.
Nosso coração reage ao que esperamos. Se alguém está do nosso lado gritando: "você consegue, vai lá, prossiga", nós conseguimos ir mais longe, porque nosso coração percebe que alguém nos vê, que alguém é por nós. E o que queremos em cada vitória? Ouvir parabéns.

Parabéns, você venceu!
Parabéns, você foi até o fim!
Parabéns, você conquistou!
Parabéns, você fez!
Parabéns, deu certo!
Parabéns!

Reconhecimento em resposta de algo que eu consegui reproduzir não é verdadeiro amor, é simplesmente reconhecimento.
Meditando sobre a graça de Deus eu diria que o dia do nosso aniversário é uma grande parábola do que é o Seu amor. Você já percebeu que no dia do aniversário você recebe parabéns independente do que tenha feito ou fará? FAZER ANIVERSÁRIO É INVOLUNTÁRIO. Um ladrão receberá parabéns de alguém no seu aniversário. Uma prostituta também. Um viciado, um traidor, um cafetão, um endividado, um homosexual, um heterossexual, um viúvo, um solteiro. Todos recebem parabéns sem ter feito absolutamente nada, mas por apenas ter existido mais 365 dias sobre a terra. PARABÉNS. Não por quem você é ou pelo que pode fazer, você existe então isso já basta: parabéns por mais um ano!

Deus nos ama assim, por cima do que somos ou podemos ser, Ele nos ama pelo simples fato de existirmos. Ele não desistiu ou se esqueceu de nós, é nosso aniversário todos os dias, porque celebrar a vida é receber Jesus em amor, exatamente como Ele é!

Deus te ama de graça, sem motivo ou razão, pelo simples fato de você existir, e isso pra Ele representa tudo!

Você não precisa fazer nada para merecer parabéns pelo seu aniversário. Não é possível adiantar a data ou ter mais ou menos dela dentro de um ano. Algumas coisas são involuntárias e nos ensinam sobre a graça. O assunto é sucinto e simples. Nosso Pai nos ama pelo simples fato de existirmos, isso pra Ele já move parabenização.
Se um incentivo ajuda o corredor com sua maratona, o que essa concorrência de que Deus tem prazer na nossa existência poderá causar?

Abra seu coração a Deus e ouça Ele dizer: parabéns por existir!

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Compondo oração!

Há tempos não escrevo no blog, mas ao som do incentivo de alguns leitores e de alguns discípulos eu estou de volta! Oficialmente de volta à web: Blog-RIOS!
Meu primeiro texto para esta segunda fase é:

Compondo oração!

Aos antigos leitores isso não é novidade, mas dada a informação de que componho, sabemos das experiências compartilhadas que componho o que oro e oro o que componho, não tenho outro discurso para cantar se não as profundezas do meu coração em devoção.

Há algum tempo tenho clamado a Deus que trabalhe em áreas específicas da minha personalidade e da minha alma, na verdade esse é um clamor constante desde que me encontrei com Jesus, mas desta vez foi diferente, internamente diferente. Deus me levou para o extremo das minhas resistências para entender que eu não precisaria esperar ou ter valor em mais nada que não fosse o amor dEle por mim, com situações que quebraram meu coração (atente-se, se por acaso você estiver se sentindo assim) eu me vi profundamente mal comigo mesmo, com meu coração, com meu futuro, mas principalmente com a totalidade da minha existência. Dado o diagnóstico em oração e lágrimas sem palavras, Deus me deu estratégias. Batalha na mente, intercessão, intercessores por mim, confissão, persistência, fé incondicional, percepção do amor de Deus por mim... Tudo isso veio dia a dia como que em um receituário médico. Comprava dentro em mim do Espírito uma porção diária do que me foi receitado. Cheguei a conclusão de que ouvir o Espírito Santo é o caminho para TODA cura emocional, e como no meu caso: cura existencial.
Mergulhado nesses momentos eu vivi ao menos três extremamente marcantes, que deram luz a composições que pra mim são as melhores gotas do meu reservatório aromático de adoração!

    Cura a orfandade em mim
    Maikel Rios

    Deus que move o céu ao meu favor
    Deus que me conhece tão bem
    Deus que se revela em meio ao som da guerra
    Deus da paz, Deus que excede o tempo
    Eu olho nos Teus olhos e procuro Teu amor
    Encontro em Teu abraço sua graça e seu favor
    E como não agradecer? E como não me entregar pra viver?

    Tu és o meu Pai
    Cura a orfandade em mim Pai
    Muda minha história, vem me refazer
    Eu escolho viver Tua casa
    Eu aceito ser Seu filho
    Vem me refazer
    Vem me refazer

    Pai
    ABBA Pai
    Paizinho
    Amado
    Meu Pai

Essa primeira canção foi minha oração quando eu nem havia percebido todo ambiente em que estava sendo inserido. A única coisa percebida foi um ar mais denso, algo diferente... Ali, no começo do inesperado eu ouvia TODOS os dias sobre a paternidade de Deus. Ele me chamava aos gritos: - Vem para os braços do seu Pai, porque a viagem vai requerer que você saiba que é meu acima das coisas que vai descobrir sobre sua humanidade, acima dos seus erros e das áreas escuras do seu coração, que a medida que forem marcadas pela minha luz, sofrerão a dor do reconhecimento. Vem para os braços do Pai!

Minhas emoções tentavam dizer que eu já não era mais capaz de escolher a Deus porque elas estavam divididas na batalha da mente. Eu que sei claramente que devo refazer minha escolha por Deus DIARIAMENTE não podia deixar de levantar um grito de guerra e vencer essa mentira, então indo pro trabalho, no ponto de ônibus e depois dentro dele, em meio a melodia espontânea nasceu a canção:

    Em Ti pra sempre
    Maikel Rios

    A minha escolha pelo Senhor não mudou
    Eu só preciso Te dizer que não mudou
    Eu continuo te dando o centro da minha vida
    E mesmo em meio a tempestade és tudo pra mim
    Escolhas, incerteza e um coração
    Que quer Te ouvir, que quer Te ver, Te amar mais
    O que o deserto vai arrancar de mim?
    Quero Te ouvir, quero Te ver, Te amar mais

    Em todo tempo e para sempre meu coração Te dou
    Nossa aliança rompeu o tempo, pra eternidade em Ti eu vou
    Suas palavras vem como um rio, revela o Reino em Seu amor
    Me ensina quem em Ti eu sou, em Seu amor, em Seu amor

    Me esconde debaixo de Tuas asas
    Me esconde na casa firme do Teu amor
    Me esconde no esconderijo do Altíssimo
    Me esconde, ao Teu abraço eu vou...

Depois desse momento decidi fazer votos, jejuns e dedicar minha vida em devoção aplicando guerra contra todos os fatores dessa batalha, e passado o tempo tenho visto o quanto Deus tem respondido com amor, me curando, me restabelecendo, me ensinando meu lugar emocional, meu lugar espiritual e existencial. Passando os dias eu decidi que o voto deveria terminar, não porque as batalhas tenham terminado, mas como um ato profético de fé: - Não tenho mais aliança com esse problema, decido viver em Ti Jesus, então estou finalizando este voto como quem finaliza os laços com seu predador, como quem corta as correntes de refém e confiando em Seu amor eu fecho um ciclo. Em quase segundos antes de cortar o cabelo (voto baseado em Atos 18:18) uma melodia expelia da minha alma as palavras da minha oração, que é parte do Salmo 25 que também rondava meu coração há dias, então ali, sentado na cozinha da minha casa, no frio da noite de ontem, depois de uma sequência de visitas e aconselhamentos via whatsapp e telefone, eu estava em um momento só meu e de Deus. Ali, compus outra oração:

    Marcas da misericórdia
    Maikel Rios

    Me ensina a escolher por Ti
    Tantas vezes procurei por onde ir tão ausente de Ti
    Caminhos e respostas que escolhi te entregar
    Você estava lá, me amando
    Mesmo quando meu coração não Te viu

    Toma-me pela mão, oh Eterno
    Guia-me pela Teus caminhos
    Em quem confiaria o meu coração?
    Eu vim de Ti
    Confio em Ti

    Mostra sobre mim as marcas da misericórdia
    Mostra o Seu amor, Tu és amor, Eterno
    Eu quebro pontes, fecho ciclos crendo em Teu amor
    Escolho a vida, a liberdade, crendo em Teu amor...

Com tudo isso eu só quero dizer, querido leitor, que seu lugar em Deus é de filho, amado incondicionalmente, acima do que você pode ser de bom ou do que você pode "fazer" para Deus. O cenário pode mudar mas Deus não muda. Muitas vezes eu me vi perdido, sem entender o cenário a minha volta, mas eu sei quem é o diretor. Deus não muda, Ele é amor. Sua devoção precisa ser sincera e sensível ao Espírito, e oro que você O ouça a respeito disso. Nada muda em Deus, mesmo que tudo mude a sua volta ou até mesmo dentro de você. Ele te ama acima do que você consiga entender!

Na graça e na paz desse amor,
Maikel Rios

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Refém de um amor



De vez em quando só tenho um texto, poucas frases, palavras de uma oração, então, compartilhando:

         Refém de um amor

Não posso Te colocar numa caixa e esperar,
esperar o Senhor falar do modo que eu desejar

Preciso de coragem pra crescer,
preciso de fé pra confessar:
nem sempre pensei tão livre assim
marquei a história com olhos fechados.
Houveram dias de não Te ouvir por simplesmente restringir-Te.

É tanta glória, criatividade do Espírito
não posso me esconder, não posso escolher não ver.

Porque eu sou filho
refém de um amor, cativo.
Porque eu quero Te amar
e preciso escutar Sua voz
dizendo que me ama também,
como um Pai, me ama aquém.
Nada que eu sou é por mim mesmo
mas porque és bom, bom posso ser.
Quebra as correntes na minha mente
e permita-me ver-Te onde estiver.

Quer no fogo,
quer na espada,
quer no vale,
quer na fornalha.
Quer no som de um trovão,
quer no vento, na emoção,
quer no altar, no meu isaac,
quer na tranfiguração.
Quer no rio do espirito,
quer no frio da escuridão,
quer na voz de uma criança,
quer no rugido do leão.
Quer no amor de uma mãe,
quer no clamor por gestação;

Refém de um amor, cativo
canto uma canção, amando Te amar.



Na Paz, ao Senhor, minha canção!

quarta-feira, 11 de junho de 2014

O ANTÍDOTO

O ANTÍDOTO

Ler o livro de Jó em dias de verão é fonte para se indignar com as respostas que ele deu ao seus alentos, e não conseguir entender como ele pôde desenvolver uma visão tão desesperançosa do futuro, mesmo sabendo quem Deus é.

|| Jó: 9:16. Ainda que eu chamasse, e ele me respondesse, não poderia crer que ele estivesse escutando a minha voz. ||
Palavras de Jó ||

Hoje, próximo de pessoas enfrentado grades desafios, e também vivendo meus desafios pessoais, posso testificar que estar num momento como Jó - ou momentos relativamente comparáveis - desenvolve, através de muitos fatores, amargura ou aceitação ao processo  transformador de um Deus de amor!

|| Jó: 5:17. Eis que bem-aventurado é o homem a quem Deus corrige; não desprezes, pois, a correção do Todo-Poderoso. 18. Pois ele faz a ferida, e ele mesmo a liga; ele fere, e as suas mãos curam. ||
Palavras de Elifaz - Amigo de Jó ||

O que pode desenvolver a amargura?
É compreensível que alguém em meio a momentos de grandes desafios, lutas internas e até externas, fique amargurado com Deus por saber que Ele poderia ter o livrado disso, mas algo precisa ser entendido: não precisamos ser compreendidos, e nem tudo que parece ser aceitável é o melhor para nós. Nada pode tirar a certeza de quem Deus é sobre nós. Nossa irracionalidade nos consome no engano, porque Jesus comprometeu a vida por nos amar - isso foi muito mais intenso que se pode imaginar, pense nisso - e passamos dias alimentando uma visão de engano que diz que Deus não nos ouve, que ele despreza nosso passado ou pecados, mas o que fez Jesus demonstrar seu amor num ato de dar a vida? Nossos pecados e nossos erros! Então nossos defeitos, erros, pecados, passado, sujeitas e afins nunca moveu o coração de Deus a não nos amar, muito pelo contrário, foi exatamente isso que o atraiu a se entregar na cruz.

Nossa amargura com Deus vem das mentiras que nutrimos sobre Ele, e os fatos tentam ajudar as mentiras a se manter maquiados para parecer ser a verdade, então considere que os fatos nem sempre são a verdade. Pense que alguém te olha e diz: você está pálido (mas na verdade não está) e em poucos segundos seu pavor com o comentário baixa sua pressão e você fica pálido, mas nada está acontecendo, apenas fatos de uma causa mentirosa. Depois disso você realmente estará pálido, mas não existe causa lógica para isso, e ir contra os fatos vai te levar de volta a verdade. Os fatos podem ser uma mentira que está acontecendo, enquanto a verdade não está sendo vista ou vivida por estarmos acreditando nas mentiras. Olhe a volta, muito do que vemos não tem nada a ver com as verdades do que Deus quer para nós, e isso é culpa de Deus? Não! Nossa aceitação dos fatos se apóia numa 'amargura' por Deus não mudar nada, e passamos a aceitar os fatos como a verdade, enquanto tudo não passa de uma mentira que se tornou realidade. Mas a verdade está ali, fechada entre capas pretas de um livro empoeirado. Precisamos abrir a bíblia e mergulhar na verdade do Deus que nos ama, mesmo que os fatos ainda sejam a mentira vivida na pele, porque é justamente essa atitude que vai trazer a verdade a existência!

A cura da aceitação
|| Jó: 9:35. então falarei, e não o temerei; pois eu não sou assim em mim mesmo. ||
Palavras de Jó ||
Em dado momento Jó percebeu que estava fora de si, que as lutas da vida haviam roubado sua essência, e principalmente roubado seu coração de Deus. De repente ele entendeu que não devia ter medo das intenções de Deus, que não devia ceder a amargura e ressentimento, e devia mergulhar na aceitação de um tempo de transformação. Nossa maior luta não é vencer nossos problemas de saúde, nossa vida financeira, nossos inimigos humanos os circunstanciais, nossa maior luta é vencer nosso coração, que por inúmeros motivos deixa de ver Deus como Pai de amor, e nos braços da mentira queremos vencer o mundo na força do braço. Entenda, Deus nos ama independente dos fatos a volta, e nada poderia ser maior que esse amor. Os desafios da sua vida? Escola para aprender mais sobre Deus, mais sobre você. Não aceite colocar a culpa dos problemas em Deus, como se Ele tivesse que ser punido por ter deixado isso acontecer (e sutilmente nossa punição é virar as costas a Ele, mesmo que sem dizer nada a ninguém, nem a nós mesmos) e o fim da esperança se confirmasse com os fatos, que na verdade são as mentiras, e a verdade está lá, esperando você despertar e a receber, à trazer a existência pela fé, pelo renovo da esperança de um amor que não se pode comparar, Jesus!

|| Jó: 6:24. Ensinai-me, e eu me calarei; e fazei-me entender em que errei. ||
Palavras de um Jó buscando cura de um coração amargurado ||

|| Jó: 19:25. Pois eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra. ||
Palavras de um Jó curado, vendo e trazendo a verdade a existência, mesmo contra os fatos ||

Com profundos votos de cura, na intercessão por uma igreja curada || Maikel Rios ||

sábado, 4 de janeiro de 2014

A humildade que atrai o favor Divino

Este texto é um esboço, portanto leia-o acompanhado da bíblia, fazendo a leitura dos respectivos textos.



Genesis 38
Humildade é a virtude que consiste em conhecer as suas próprias limitações e fraquezas e agir de acordo com essa consciência. (Wikipédia)
Os filhos de Judá morreram porque pecaram, e Judá não enxergou o peso da iniquidade deles, por isso puniu Tamar com medo que seu terceiro filho também morresse se o desse por esposo a ela, como dizia lei.

2 Timóteo 2:22 - Se ignorarmos as verdades da palavra, sofreremos o dano.

Judá prova não ter visão santa quando se deita com uma prostituta e entrega sua honra (selo) e sua autoridade (cajado) a ela (não vemos Abraão, Isaque ou Jacó - seu pai - se deitar com uma prostituta, então mesmo que comum na cultura daquele tempo, os homens de Deus entendiam a questão da santidade).

Judá significa motivo de louvor, mas quando isso de fato acontece?
Passado os episódios que levantam José a governador, quando os filhos de Jacó vão buscar alimento no Egito, Judá é o primeiro a reconhecer suas fraquezas e limitações, e assim mostrar arrependimento, e isso prova que a vida lhe ensinou como se repara uma vida de desgraça: com arrependimento! Gn 44:16

Vemos que depois disso o favor de Deus veio sobre a vida de Judá com o cedro de autoridade de comando. Gn 49:8

Davi e Salomão tiveram corações diferentes, e a maior característica de Davi, foi o arrependimento, e só os humildes são capazes de reconhecer suas limitações e fraquezas, como define o dicionário.

Gn 4 nos conta a história de Caim e Abel, e naquele momento Deus puni Caim com uma maldição, e não arrependido, ele acha a punição pesada demais e questiona, Deus coloca uma marca sobre ele, declarando que se alguém o matasse seria punido sete vezes mais.
Caim, mesmo entendendo o dano que sofria, não demostrou arrependimento, mas somente preocupação com sua vida.

Lameque mostra uma postura altamente pior que Caim (v23) quando perdeu o temor a Deus por ver essa punição. Ele banalizou o erro achando que com ele seria supostamente igual. Devemos tomar cuidado com essa ótica maligna de que não existem consequências, tentando nos tirar o temor. Quando eu li, fiquei enfurecido com essa visão turva, que muitas vezes tem nos roubado também, nos impedindo de perceber o erro e se arrepender. Porque assim como a dor serve para alertar sobre alguma doença, a maldição e as consequencias muitas vezes serve para percebermos o nosso pecado e nos arrependermos.

Em Gn 16 Deus diz a Hagar para se humilhar. Hagar havia errado com Sara, Sara havia errado com Hagar, e despejada de sua casa, ela foi ao deserto, mas Deus a viu e a fez uma promessa, mediante a ordem de que ela se humilhasse. Humildade atrai o favor de Deus

Só o orgulho e a dureza de coração podem nos tirar o favor Divino. Nós precisamos QUERER a Deus - Ezequiel 24:13 e no v23 enxergamos a real postura que devemos ter para atrair o favor divino, a graça e a misericórdia de Deus.

Em Tiago 4:6b a 10 entendemos que a atenção e o favor da alegria de Deus, que é também a nossa força, vem mediante ao arrependimento, ao reconhecimento das nossas fraques e limitações.

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Devaneios reais

Devaneios reais

Sabe aquele momento que acordado você viaja?
Um amigo estrala os dedos enquanto você já não está mais na mesa, e muito menos nos assuntos, e ali, sentado numa lanchonete, você já foi ao passado, já viu a dor que te causaram, já sentiu, mais uma vez, o desespero de sentir suas pernas tiradas, seu chão removido, e o futuro? Futuro não há para quem não sabe sonhar.

Você se pergunta “o porque?”, questiona como conseguiram destruir sua mente e coração num mesmo solavanco? Deus não estaria lá, não é? Ele estava lá? Ele viu tudo? Sentiu minha dor como um Pai, que assim Ele diz ser?
Sim!

Nos caminhos intermináveis de um devaneio, você se lembra de como tudo era normal antes do desconhecido te machucar, antes da vingança mostrar sua sede, e em mais que uma lembrança real, você viaja na realidade.
A mentira precisa de um plano de fundo para parecer verdade, e a astuta península do mal no devaneio é:
-Essa não pode ser a minha história? Eu não acredito que tenho isso marcado pra sempre em mim. Essa não pode ser a minha verdade!
Ninguém pode levar alguém a um lugar que nunca foi, então antes de falar do acordar do devaneio, preciso dizer que estou falando de nós e não só de vocês, que de tempos em tempos tenho que ser acordado de uma viagem no tempo, dizer que já sofri a dor da perda, que já me perdi no sofrimento, que já ouvi o estralo da verdade me fazendo acordar de um devaneio, acordar de um tocar na ferida que quer me dizer: considere, enquanto eu prometi desconsiderar! Porque perdoar é isso, decidir desconsiderar o que sabemos ser impossível esquecer, mas simplesmente desconsiderar.

Um dia Deus estrala o dedo em frente ao nosso devaneio, tipo como quem diz: perdoa, desconsidere e prossiga, libere, esqueça mesmo sem conseguir apagar, deixe tudo se fazer novo, confie que tudo coopera para o bem e me deixe fazer isso ser benção, deixe os escombros darem lugar a uma nova construção. Só quem sabe deixar o ontem no passado consegue fazer com o hoje, o futuro de amanhã. O mal quer vincar seus pés em um acontecimento que não te deixa olhar para frente, e no passado, entre devaneios e dores, entre lamentos e lágrimas, nós nunca conseguiremos ser quem realmente somos. Coloque um ponto final nisso.

Podemos orar sobre isso?
-Deus, me acorde das minhas viagens, do navegar nas dores do passado. Me desperte para o amanhã e me permita sonhar como o Senhor. Me deixe ver o sol nascer, me tira da noite. Tire as escamas dos meus olhos, me deixe vê-Lo como Pai, como amor. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã. Faz amanhecer e me dê forças para desconsiderar e prosseguir. Me desperte dos devaneios, me diga quem realmente sou e me livre das minhas viagens nos ares do ontem, em meio a tantas nuvens de mentira e engano! Em nome de Jesus eu oro, amém!
Quero complementar esse texto com uma canção, que com certeza te levará mais alto:

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Compre um espelho

Deixo meu protesto a minha geração:

Compre um espelho,
Ganhe a verdade!
Compre um espelho,
Reconheça a realidade!

Pessoas gastando suas vidas para idolatrar a homens?
Será que estamos nos esquecendo que só temos a chance de viver uma vez?
Logo mais você morre e o que dirá de seus dias?

Morreu como um insignificante fofoqueiro,
Morreu como um imbecil que amava um cantor que nunca nem sequer soube da sua existência,
Morreu como um qualquer que amava a pessoa errada e deixou-se sufocar pela alma,
Morreu como um mentiroso que enganava até a si mesmo.

Chega!
Chega de mentiras, de idolatria, de negociação com o mundo!
Chega de máscaras!

Deus não precisa da sua falsidade, e muito menos dos restos da sua vida.
Ou Jesus é tudo pra você, ou Ele não é nada!
Deus não precisa da sua frouxidão, e muito menos da sua passividade,
Ou Jesus é o Senhor da sua vida, ou outro será!

Morra como digno,
Mude o seu mundo,
Reconheça Aquele que te conhece melhor que você mesmo.

Deixe suas expectativas no altar.
Deixe seus conceitos diante do trono.
Deixe Deus escolher por você, Ele é melhor que você nisso!
Pare de negociar, protestos dão maiores resultados quando feito ao nosso espelho!

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Diário da missão - Angola

Diário de bordo
Angola



São Paulo, Julho de 2013.
O avião acabou de decolar! Eu não consigo acreditar que estou aqui. Deus me trouxe a memória diversas promessas que estão se cumprindo agora, promessas de anos atrás. Isso tudo está sendo incrível porque ao mesmo tempo que tem às novidades de voar pela primeira vez, tem as saudades que já começam a borbulhar, o som da voz do Espírito, a ansiedade para o que viverei em Angola, mas sabe, não estou com medo nem do avião, nem da saudade (que dói, mas não mata), e muito menos do que viverei lá, esta certeza de estar no centro da vontade de Deus é boa, perfeita e agradável. São muitas novidades, amizades, experiências, mas em tudo eu não estou experimentando o medo, de nada, por sinal, nem da sensação de identificar, no mapa do computador anexo na poltrona a frente, que já estou voando acima do oceano, Aleluia!
Se tenho algo a dizer? Sim: confie no Senhor, porque Ele é fiel para cumprir às promessas que até nós mesmos já nos esquecemos.
De algum lugar entre São Paulo - Brasil, e Luanda - Angola. A 35 mil pés, 11 mil metros de altitude, a mais de 900 quilômetros por hora.

Já chegamos em Luanda, todas as malas passaram pela alfandega, mesmo com muitas pastas de dente, fio dental e escovas, mas infelizmente uma caixa de doações ficou pressa e tentaremos recuperar depois. O aeroporto, a cidade e as pessoas estavam extremamente empoeiradas, e pelo visto isto é comum. A diferença de cultura se percebe no primeiro passo por estas ruas, eu vi dois homens sentarem numa barraca parecida com as de cachorro quente aqui do Brasil, barracas montadas na rua, esses homens compraram um prato de comida e dividiram, coisa que no Brasil pareceria um casal, mas aqui é normal, vimos isso se repetir algumas vezes naquela barraca, e isso me fez ver o valor da comida para eles. Existem muitas mulheres trabalhamos no que chamamos de camelô de rua, elas vendem refrigerante, mais conhecido por aqui como 'gasolina', vendem roupas, sabonete, pasta de dentes, coisas deste tipo, e alguns homens também trabalham assim.
Estamos num micro ônibus com muito pouco espaço (foto) e viajaremos por, em média, 14 horas, e estamos bastante exaustos, mas o caminho, que já se banha na noite, nos mostra um cenário que vai alimentando a ansiedade de chegar na aldeia. Estou na companhia de pessoas muito bem humoradas, por enquanto (risos e fé). Todos dizemos que não acreditamos estar do outro lado do oceano. Às coisas por aqui são sujas, mas sabemos que na aldeia encontraremos uma realidade muito mais intensa.
De algum lugar entre Luanda e Bié, Angola. A mais de 6.500km de casa, do outro lado do oceano, num pequeno micro ônibus, numa longa viagem. Rumo à Aldeia Nissi.

Já chegamos na aldeia, aqui a realidade é extremamente diferente e minha alma busca entender no Espírito a forma de dar o meu melhor, de cumprir a minha missão aqui. Ao chegar, pela madrugada, jantamos e arrumados nossas coisas, estamos cansados, mas é difícil não querer ter contato com tantas novidades. Às crianças estão muito agitadas com os eletrônicos.
Assim que chegamos montamos as barracas e nos instalamos no clima frio da noite, madrugada e manhã, e no clima quente no restante do dia. Às crianças se apresentaram no começo da manhã, cantaram músicas em umbundu e em português. Cantaram: KAKULI WALISOKA LA YESU (NINGUÉM É IGUAL A JESUS). Eu chorei muito ao ouvir a adoração alegre de crianças sujas, sem projetos para o futuro, com pó no pé e um destino incerto. Chorei porque percebi a pobreza da minha alma 'gospel'. Fui tremendamente ministrado. Estava na agitação dos requisitos pré viagem nessas últimas semanas e realmente não tive tempo de ficar ansioso, ao chegar em Luanda me pareceu estar na versão suja, mas agitada, de São Paulo, com direito a jornal no lugar do papel higiênico no banheiro do aeroporto, mas com um KFC de três andares na avenida ao lado, com tudo muito caro; ao chegar em Bié, mais exatamente no Kuito, na aldeia, me pareceu ter chegado ao sítio do meu avó em Sete barras, SP, talvez por termos chegado durante a madrugada, mas ao amanhecer, ao ver as crianças, ao ouvir aquele canto de adoração com ritmo e alegria de celebração eu percebi que havia chegado na África, percebi que meu chão era Angola e que chegou o momento de dar do que tenho recebido do Senhor, o AMOR, amor que quebra cadeias, que rompe o silêncio, que destrói mentiras e institui o Reino.
Pude abraçar algumas crianças, conhecer a cidade, o comércio desorganizado e sujo, os lugares com chocolates importados e feijão super caro, sem falar no banho de caneca, que foi num momento bastante frio. Sobretudo, aqui é incrível, não vi um angolano chorar, não vi uma criança reclamar de nada, a igreja brasileira precisa conhecer esta realidade, esta cultura, no Brasil temos mais do que precisamos, temos muita qualidade nos produtos que compramos, temos muito apoio e amor; no Brasil temos muitos abraços e muitas lágrimas, aqui temos muitos sorrisos em meio a pouco apoio. Precisamos aprender mais.
Da Aldeia Nissi, Kuito, Bié, Angola, África. Na escola de Deus!

Não tive tempo de vir escrever aqui nos últimos dias, mas entre tantas novidades ontem fomos no culto aqui no Kuito, foi um culto tremendo demais, também tentei ajudar os dentistas, mas minha agonia com os procedimentos me fez ter que ir ajudar na cozinha e atender as crianças com um momento de conversa e oração particular. Aqui são muitas novidades, muita coisa diferente, um povo forte, um povo adorador, as vezes muito místico, as vezes tão inocentes, eu amei esta terra, moraria aqui se este fosse meu chamado, ou se um dia for, eu vou gostar.
Uma moça pegou febre tifóide, outras passaram mal, talvez pela alimentação ou água, mas no geral a equipe está muito unida, os dentistas estão atendendo e hoje eu fiz palestra para às crianças aprenderem a usar a escova e o fio dental (foto).
Montar um diário de bordo numa missão como esta é complicado, são muitas coisas para conseguir expressar, ao mesmo tempo que são intensas demais para viver. Minha dica é que se Deus te chamar, faça o que for preciso, mas atenda o chamado, porque para onde Deus te enviar, com certeza será uma imensa experiência e o Reino será instituído com poder!
Da Aldeia Nissi, em Angola!

Hoje se passou um dos momentos mais intensos para mim, um homem que trabalha cuidando do gerador aqui na escola se aproximou de mim com muito carrinho e cuidado, já se desculpando ele disse um 'oi' murchinho e perguntou se eu estava bem, depois de eu responder ele perguntou se eu tinha apenas uma bíblia ou se eu tinha mais alguma, olhei para bíblia na minha mão e disse que no último dia antes de ir embora eu a daria para ele, ele sorriu e agradeceu, eu sai e as lágrimas me tomaram, eu percebi que o valor que dava para bíblia era vergonhoso diante daquela cena. Quebrado eu coloquei meu coração nas mãos de Deus e não pude me conter, tive que me lançar neste chão seco, mas que literalmente é uma terra de sedentos.
De algum lugar onde Deus grita para mim, de Angola, Bié, Kuito, Kunge.

Entre muitos outros, um momento me marcou intensamente, enquanto eu ministrava para as crianças maiores de 10 anos eu contei que não era rico, como muitas delas pensavam, e que foi Deus quem proveu tudo para eu estar ali, mas depois de alguns dias uma destas crianças veio até mim e falou: 'você não é pobre, pobre não tem sapato, pobre não tem cama, não tem mala, não tem roupa limpa, cobertor, você não é pobre'. Me quebrou por inteiro e percebi minha riqueza no paralelo da minha pouca gratidão. O nada revela o contrastante valor do pouco.

Entre o pouco e o nada, aqui, em Angola, um espelho.

segunda-feira, 15 de julho de 2013

O PERIGO DO TEMPO

O PERIGO DO TEMPO


Bom, como alguns sabem, amanhã vou embarcar para Angola rumo a Aldeia Nissi, vou auxiliar uma equipe de dentistas. Estou me programando para este momento a muitos anos, muito antes de eu aceitar o convite para ir, Deus estava me constrangendo a interceder por aquela nação, e naqueles momentos de oração o meu chamado para este pequeno passo do meu ministério foi nascendo. Neste tempo organizando as coisas, levantando fundos, dando entrada no tão esperado visto, tomando vacinas, comprando repelente, coisas do tipo, eu me encontrei sem lágrimas, seco, e por um momento eu pensei: só a escassez de Angola me quebraria outra vez, a rotina nos consome e distrai, mas hoje parei com alguns grandes irmãos para um momento de adoração e pude perceber o quanto a rotina me roubou a paixão, o fogo, a intensidade e anseios por Deus. O perigo do tempo nos fala de irmos nos afastando pouco a pouco, esfriando de pouquinhos, nos intoxicando em pequenas doses, e o mundo vai tomando nossa mente, nosso padrão vai se remoldando a maneira da carne, e isso é morte!
Não importa se você vai pra Angola, se você canta no louvor, se você é conhecido, se você é isso ou aquilo, quando alcançamos um passo grande percebemos o valor da essência, essência que o tempo pode roubar... pra mim ir pra Angola é um sonho que nasceu no coração de Deus quando eu nem imaginava, eu orava por aquela nação sem jamais imaginar que um dia iria lá, e muito menos imaginar que seria tão rápido, e além disso, eu nunca andei de avião, só sai do estado quando era criança e para muito perto, tudo isso é muito novo pra mim a questão da cultura vai me agregar muitas experiências, mas isso tudo não tem valor nenhum pra mim se minha essência se perder, e na verdade percebo que o tempo ofuscou-a, mas a adoração, a intercessão de amigos e a realidade do Espirito revelada está ajustando a visão, tem sido com um desacelerador, um colírio. Nestes dias, não importa quem você é, o que você faz, seja minucioso com o seu coração, peça pra Deus te sondar. Fiz uma oração complicada, sincera e necessária, e nestas palavras finalizo:

-Senhor, custe o que custar, me atrai-a, não me deixe me perder, não quero perder o foco, a visão, a paixão, e realmente eu não te amo quanto te amava antes, e até estas palavras não me doem mais quanto antes. Me ajude Senhor, eu sou Teu, e nada é mais importante que o Senhor. E que o tempo não me roube!

domingo, 2 de junho de 2013

O SEGUNDO AMOR

Que saudades de escrever aqui.. saudades dos textos, dos devocionais, dos textos de amigos, de tantas coisas que aqui compartilhei...

Bom, a boa noticia é que ESTAMOS DE VOLTA! O Blog-RIOS estava numas férias por diversos motivos, e o principal foi a formação do meu mais novo trabalho com decoração de eventos (http://habacuki.blogspot.com.br/) que requer tempo de planejamento, tempo nas artes do biscuit, designer gráfico, marcenaria e tudo mais, mas entre tantas coisas uma fator me fez lembrar da importância de escrever no blog... aqui me entendo melhor quando paro para desenvolver algum assunto, então vamos lá:

O SEGUNDO AMOR
Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor. Apocalipse 2:4
O que é primeiro amor? O que fazer quando o primeiro amor se foi? Quais as características do segundo amor?
Essas são perguntas que me ecoaram os ouvidos nos últimos dias, onde vi que o primeiro amor era o calor da paixão que eu tinha por Jesus quando tive meu encontro com Ele, mas que em paralelo havia um segundo amor, infelizmente o atual, um amor que é fruto do tempo, um amor que vive as sobras do meu dia, porque um apaixonado faz:
Canções de amor/ Poemas/ Busca conhecer do outro/ Quer estar junto/ Quer impressionar/ Agrada/ Serve/ Age em amor!
Uma boa alto-análise e percebi que já não agia mais como antes, que esta paixão realmente havia ido embora e até mesmo o desejo de agradar meu Amado já havia sido trocado pela necessidade de satisfazer minha 'expectativa gospel', sim, meu maior desejo era/é cumprir meus alvos, era 'fazer' mais PARA Deus, e não fazer mais EM Deus... O tempo levou a essência, o primeiro amor se foi e ficou o frio do SEGUNDO AMOR, e o que fazer?
Realmente paixão é o combustível da nossa entrega, se ela se vai, a entrega fica comprometida, mas romper do segundo para o primeiro amor é uma questão de atitude. Deus disse: Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras (Apocalipse 2:5), observe que tudo começa num processo de analise, precisamos LEMBRAR de onde caímos e nos arrepender, então lá vamos nós:
Eu orava de madrugada, geralmente as 3
Eu jejuava cumprindo com exito os horários estipulados
Eu gastava tempo em longas conversas com o Espírito Santo, em lugares improváveis, em horários improváveis
Eu jejuava com meu estoque secreto de doces sempre cheio e disponível, e eu não exitava em ir lá de tempo em tempo para ver tudo que eu não estava comendo por um proposito de intensificar minha vida com Deus, inclusive, certa vez (no começo da minha conversão), abri um saquinho de suspiros e fiquei cheirando, com uma vontade tremenda de comer (risos), mas meu desejo em jejuar para ser mais sensível a Espirito era maior (Pessoal da célula, não deem risadas denovo)
Eu adorava muito mais focado no Senhor do que no tom, na busca/briga intensa pela linha do tenor, na preocupação com a afinação
-Perdão Senhor, sei que o Senhor é perfeito e quero que esteja no centro. quero me entregar como antes, como no primeiro amor. Quero quebrar o gelo desse segundo amor com as práticas de antes, com a sede, com o foco, com a visão que me cativou, a visão dos Seus olhos me convidando ao AMOR. Vou comprar um saco de suspiro, vou jejuar olhando para ele, mas orgulhoso de estar (infantilmente) renunciando um saco de suspiros por mais de Ti. Quero aquela inocência, aquela busca, aquela sede. Nas madrugadas o despertador voltará a anunciar que são 3 horas e lá nos encontraremos. De um lado eu com o gelo do segundo amor, mas com a sede de reviver nossa paixão, e do outro o Senhor, dizendo: VOLTA a intimidade!

segunda-feira, 25 de março de 2013

ACREDITAR

ACREDITAR

Acreditar, muitas vezes, é uma questão de reação, se alguém nos diz que um determinado caminho nos leva até onde queremos ir, vamos realmente entrar por aquele caminho se...? Acreditarmos, sim, acreditarmos no que aquela pessoa nos diz.
Realmente acreditar envolve agir de acordo com o que ouvidos de quem acreditamos.
Minha ultima canção, pra ser até mais especifico, a que compus há poucas horas atrás, é fruto de uma bateria de coisas que Deus vem ministrando em meu coração...
A letra diz:

ACREDITAR
Maikel Rios - 26/03/2013
Meus sonhos embaraçam meus dias
E o que espero não vejo acontecer
E eu fico sem entender, sem saber pra onde ir
Me lembro das palavras de vida
Que conheces meu deitar e meu levantar
Me lembro que sonhou pra mim o que é bom e perfeito
e escolho acreditar

Me diz pra onde ir e irei
Me diz o que falar e direi
Eis aqui meu coração sedento por Ti
Me lembro o quanto me amou
E o preço que também pagou
E me entrego outra vez, És meu tudo Senhor

Escolho crer, acreditar
Mesmo quando tudo abalar Tu não mudas
Meu porto seguro, me guarda em Ti, me esconde em Teu amor.
As circunstâncias nem sempre são favoráveis ao que esperamos, mas acreditar não é permanecer vendo o que esperamos, mas ter a certeza de que Deus está no controle e sabe o que, por fim, precisamos.
Isaias 43 nos diz que se passarmos pelo fogo, não nos queimaremos, ou se passarmos pelas águas, não nos afogaremos.. sabemos que talvez, hora ou outra, podemos enfrentar o mar ou a fornalha. Mas qual coração teremos diante das lutas, do dia mal, dos testes, da noite?
Um coração que ACREDITA e conhece quem Deus é não se abalará, não deixará de adorar e esperar com boa esperança.
Quando o dia mal vier, uma solução, uma probabilidade certeira nos cabe bem:
Dizer a Deus:
Me diz pra onde ir e irei
Me diz o que falar e direi
Eis aqui meu coração sedento por Ti
E nos lembrar:
Me lembro o quanto me amou
E o preço que também pagou
E me entrego outra vez, És meu tudo Senhor

Preciso lembrar a mim mesmo de que Deus não muda quando as circunstâncias mudam, quando os ventos sopram e eu os vejo. Alguém um dia disse que a fé começa onde a ansiedade termina, mas que a fé termina onde a ansiedade começa. Acreditar é ouvir Deus dizer:
NÃO TEMAS, EU ESTOU NO CONTROLE DE TUDO!
Confie, creia, acredite, espere em Deus, porque Ele nos ama, e a prova disso é sua morte, quem morre de graça? Quem se entrega ao martírio sem uma motivação muito convincente? Tenho convicção de que Ele realmente nos ama... Os dias lindos no céu foram interrompidos por longos 33 anos na terra, dias de deserto, de caminhadas no sol, de traição de alguém próximo, de criticas dos que Ele amava, e terminou com uma morte cruel, mas a motivação? Nós! Você!
Ele está em todos os lugares,
Sabe de todas as coisas,
Pode todas as coisas!
Escolho crer, acreditar
Mesmo quando tudo abalar Tu não mudas
Meu porto seguro, me guarda em Ti, me esconde em Teu amor

Maikel Rios!

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Nota: Status da missão Bié

Status da missão Bié

Paz a todos!
A data para minha viagem à Angola era dia 11 de Janeiro, e devido a questão financeira eu precisei mudar a data, as passagens já estavam compradas e a equipe com quem estou me voluntariando fez o levantamento de uma nova caravana para 15 de julho, as passagens serão mudadas para está data, eu quero agradecer a todos que tem me ajudado, ainda estou com o desafio do valor total porque parte dele eu iria financiar, mas por questões extras eu não pude me comprometer assim... Conto com a ajuda dois que ainda poderem colaborar, porque meu sonho não morreu, apenas mudou de data... E eu acredito que tudo acontece no tempo de Deus... Dia 15 de julho logo chegará, e creio que os valores que ainda faltam já estarão providos por Deus...
Conto com a ajuda de todos!
Muito obrigado a todos amigos que tem me ajudado a sonhar este sonho de Deus! Angola avante!

06/02/2013

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Rumo a Kuito-Bié Angola

Paz queridos.. depois de umas semanas off no blog passo para celebrar, pois, o visto já foi liberado, o passaporte já está ok, ganhei uma barraca de campping que teria que comprar.. só a provisão de Deus para me prover tanto.. ainda falta um valor a ser pago para completar o pagamento da viagem missionária, mas você pode profetizar comigo: Deus proverá o cordeiro.. Ele pode todas as coisas.. aleluiaaaaa...

É, também, com muita alegria que celebro a multiplicação da minha célula, o cumprimento do teste pastoral do nosso Pr. de jovens César Oliveira, celebro o renovo da fé no encontrart, com a conquista de grandes amigos..

Celebro o cuidado de Deus, que não falha e nunca falhará!

Existe um oceano lá fora, e creio que Deus nos levará a mergulhar.. esse oceano é a gloria de Deus!


quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

AMOR ao que precisa AMAR


AMOR_ao que precisa_AMAR

Amar, muitas vezes não é nada mais que uma escolha
Sabemos do que o outro precisa e decidimos nos doar
E sabemos que pelos reverses da vida, isso pode não ser tão fácil
Porque amor não é o que costumamos achar ser
Amor não é um sentimento
Amor é a mais pura expresão da razão
Porque? Porque o amor é sofredor, é benigno
O amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade
Não se ensoberbece, não se porta com indecência
Não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal

Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
E diante de tudo isso eu sinto que amar é mais do pensamos ser

Hoje escrevi uma canção e gostaria de compartilhar o refrão dela com vocês, porque muitas vezes amar ao outro depende de recebermos amor, porque estrutura é tudo, e Deus, que nos quer chamar de filhos, nos faz um convite de decidir amar, e receber amor ao que precisa amar..
E o ciclo começa agora, quando eu decido amar e recebo amor de Deus, e ao amar, permito que outros saibam e possam desfrutar da compaixão.


_Citação: 1 Coríntios 13:4-7_


terça-feira, 6 de novembro de 2012

RADICAIS LIVRES (Roti-Não)


RADICAIS LIVRES
(Roti-Não)

Acordar, levantar, cumprir o destinado, destinar..

Não perca a oportunidade de amar, de entender o amor, de sobrepor as limitações e compreender as dificuldades.. Flexibilidade e auto-análise são chave, se arrepender e pedir perdão é chave.. Jesus é Aquele que desata, que liberta e nos faz voar.. Quebra nossas correntes agora, com as chaves do Reino e concordância, abrimos, voamos.. assim que sou livre, livre da limitação de apenas errar e nada mais.. Hoje sou livre para escolher, e já não tenho outra finalidade senão Te adorar, radical Te adorar, loucamente Te amar..

O que dizem sobre nós, geração, me causa repulsa, porque não há condenação para o que está em Cristo Jesus, senão liberdade..

Ser radical livre é poder desfrutar da liberdade de não mais viver como erramos, destinados ao fim sem Deus, destinados ao que o mundo der.. mas agora Aquele que levantamos Rei sobre nós, A quem entregamos nosso coração e o domínio de tudo em nós.. Sim.. Ele.. Jesus.. Ele passa a dizer o que realmente importa para nós.. e loucamente apaixonados podemos dizer que somos livres, com verdade e autenticidade, somos livres, radicais livres..

Você pode escolher não mais viver assim.. se quiser, pode esperar, com certeza, um amanhã diferente, um ontem curado e passado, e um hoje apaixonante!
Seja jovem de verdade, 
Seja radical livre, 
Seja filho do rei, 
Seja destinado a VIDA de verdade, 
Seja destinado ao avivamento!